domingo, 16 de novembro de 2008

Esta semana recomendamos (10)...


Internet
http://www.deezer.com/

Este site é uma espécie de biblioteca musical ao seu dispor num qualquer computador com acesso à internet e colunas de som e que vai, certamente, dar-lhe a conhecer muita música. É conveniente registar-se e basta digitar no motor de pesquisa o artista que quer ouvir. Da imensa lista que lhe vai aparecer, nem todas as músicas estão disponíveis, mas clique na opção " SmartRadio" e o programa selecciona automaticamente artistas do mesmo género. Entre as várias opções, encontram-se a possibilidade de fazer playlists e configurar o sistema de acordo com os estilos musicais de que mais gosta.

Livro:
(Infanto-Juvenil)

" D. João I e Guimarães" de Rosa Maria Saavedra (testo) e Vasco Carneiro (ilustrações), da Campo das Letras

O livro relata, através de uma escrita acessível e ilustrações facilmente identificáveis, episódios emblemáticos da vida de D. João I e a sua ligação a Guimarães. A célebre Crónica de D. João I , de Fernão Lopes, serve de base a vários dos acontecimentos aqui narrados.

CD
"A Palma da Mão" de João Pedro Pais

Jogos
PS3 - Buzz! Quiz TV Special Edition
PC - Football Manager 2009

Música
" João Gil - 2 Tempos"
Centro Cultural Olga Cadaval
Auditório Jorge Sampaio
Dia 21 de Novembro às 22 horas


Museu
"Museu Arqueológico de S. Miguel de Odrinhas"

Apresenta uma variada colecção que remonta ao período da ocupação Romana.
Horário: de 4ª feira a Domingo das 10h-13h
14h-18h
Preço: €2,50 por pessoa
Telf: 21 9613574


DVD
" Reviver o Passado em Brideshead" com Jeremy Irons

Cinema
"Reviver o Passado em Brideshead" de Julian Jarrold, com Emma Thompson, Matthew Goode e Ben Whishaw

Trata-se de uma nova adaptação para o grande ecrã da obra de Evelyn Waugh, de todos conhecida pela anterior adaptação feita para a televisão e que era preconizada por Jeremy Irons.
O filme segue na essência a história, nos anos 30, de uma família assombrada pelo peso da religião, mais do que o de eventuais dramas de classe. Neste filme, ao contrário da primeira série todos os dramas humanos estão muito explícitos.


Teresa Amaral

Sem comentários: